Saturday, March 11, 2017

Obras no postos de Vimioso, Argozelo e Macedo de Cavaleiros consideradas prioritárias pelo Ministério da Administração Interna


O Ministério da Administração Interna (MAI) considerou como prioritárias as intervenções nos postos territoriais da GNR de Macedo de Cavaleiros, Vimioso e Argozelo. As obras estão previstas na lei de programação das infraestruturas e equipamentos das forças de segurança para o período de 2017 – 20121.

Nestes casos identificados para serem os primeiros do distrito de Bragança a receber obras já tinham sido anteriormente assinados protocolos que previam requalificação dos edifícios mas estas acabaram por não se realizar.

Apesar de ainda não saber quando será iniciada a intervenção, o presidente do município de Vimioso, Jorge Fidalgo, mostra-se satisfeito por os dois postos da GNR do concelho que governa estarem identificados como prioritários pelo Ministério.

“Houve um protocolo com o MAI no sentido de fazer obras de reabilitação em Vimioso, o projecto está feito, nós chegámos a lançar o concurso, mas depois por dificuldades de financiamento a nível dos fundos comunitários não foi possível fazer a adjudicação da empreitada. Mal este governo tomou posse eu apresentei a pertinência e a emergência de fazer intervenções de fazer intervenções neste edifício da GNR de Vimioso e de Argozelo”, referiu.

Já existe um projecto para a reabilitação do posto de Vimioso, um investimento que rondará os 450 mil euros. No caso de Argozelo o valor de investimento não será tão alto, no entanto, ambos necessitam de uma intervenção urgente considera o autarca.

“O posto da GNR de Vimioso é já da década de 70, e necessita de uma cobertura nova, caixilharia, isolamento térmico, do arranjo das instalações sanitárias. Acaba por ser ainda uma intervenção grande, de 450 mil euros, e também implica a adaptação de espaços a novas necessidades da GNR e do público”, salientou.

Também no caso de Macedo de Cavaleiros, em 2015 foi assinado um protocolo com o objectivo de requalificar o edifício da GNR, prevendo-se na altura que as obras estivessem terminadas este ano. Agora a identificação como prioridade no distrito fez os planos de requalificação avançar novamente. O autarca de Macedo; Duarte Moreno, refere que o projecto de execução estará concluído no próximo mês e a obra deverá ser lançada pela autarquia.

“Já acertamos todos os pormenores em termos de arquitectura, entre o MAI e técnicos que estão a elaborar o projecto, e este teria que estar concluído até 15 de Abril. Depois vamos fazer um acordo de cooperação para ser a câmara a lançar a obra e fazer a gestão. O MAI queria visar a verba que vai ficar consignada à obra pelo tribunal de contas, para depois procedermos ao lançamento do concurso e pretendia que este ano houvesse algum tipo de pagamentos”, salienta.

Não se sabe ainda quais os custos da requalificação do posto de Macedo mas também aqui a verba será transferida na totalidade pelo Ministério da administração interna.

Na lei de programação, também o posto de Alfândega da Fé está identificado com prioridade 2 e os de Rebordelo, no concelho de Vinhais, e Carrazeda de Ansiães estão em terceiro lugar as prioridades.

Também o comando distrital da PSP de Bragança está contemplado neste plano de intervenções com prioridade 3.

Retirado de Rádio Brigantia

No comments:

Post a Comment

Número de visitantes