Monday, July 24, 2017

População de Argozelo desconte com a qualidade da água da rede pública


A população de Argozelo, no concelho de Vimioso, queixa-se da má qualidade da água desde o início do Verão. Segundo os habitantes da vila a água da rede pública sai amarelada e para beber ou cozinhar vêem-se “obrigados a recorrer a água engarrafada.”

O presidente do município de Vimioso reconhece que devido ao ferro e manganês na represa do rio Maçãs, que abastece aquela localidade e outras aldeias, a água apresentava uma coloração amarelada, mas garante que sempre foi própria para consumo. Jorge Fidalgo refere ainda que tal situação “só se verifica porque os consumos são demasiado elevados em determinadas localidades, devido à utilização da água da rede para regar hortas” e outros fins, o que sobrecarrega o sistema de filtragem da Estação de Tratamento de Água.

O autarca garante também que o problema “está já a ser solucionado com recurso a uma ETA móvel” e que está também a ser construída uma nova estação de tratamento.

As pessoas queixam-se também de “um aumento de 20% do preço da água, apesar da fraca qualidade.”

O presidente da câmara justifica o aumento com as directivas da ERSAR - a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos - para que sejam permitidas candidaturas a projectos nesta área. Jorge Fidalgo deixou ainda o apelo aos munícipes para que os consumos sejam moderados, especialmente porque o país atravessa um período de seca.

Retirado de Rádio Brigantia

No comments:

Post a Comment

Número de visitantes